Desculpe, Enclausurado, mas ladies first.

No quesito leitura, o SessenTeen passou o verão no clube da Luluzinha.

Rita Lee contando histórias eletrizantes em sua fantástica autobiografia, Jane Fonda com seu tratado sobre a terceira idade, fazendo um up to date de primeiríssima, com milhões de dicas, e Anne Karpf, com seu “Como Envelhecer”, edição da School of Life, que eu vou começar agora.

Com tantas mulheres maduras ocupando a minha cabeceira, ou canga, dependendo do momento, neste verão ainda não nasceu o dia de eu começar a ler Enclausurado, com o perdão do trocadilho spoiler sutil (pra quem não lê contracapa).

Sobre o livro da Jane Fonda eu já falei um pouco esses tempos, no post Jane Fonda, inspiração que não acaba mais. Confirmado. A inspiração não acabou ainda, estou sempre relendo, não consigo desgrudar. Virou bíblia. Já tá na mala pra viajar pela segunda vez comigo, só nesse verão.

A autobiografia de Rita Lee resolveu bailar comigo. Não consegui parar de rir um só minuto. Nem de me emocionar, nem de me surpreender. É intenso. E o texto de Rita Lee não soa “velho” nem quando ela conta que ia de bonde para o colégio. Genia.

A Anne Karpf, como disse antes, eu ainda não peguei. Sem trocadilho, por favor (emoji maroto). Mas já dei umas bicadas e vi que tem insights e histórias muito legais, contadas de um jeito leve. Não vejo a hora..

Partiu folia “cas” amiga?

Com isso tudo, o pobrezinho do Enclausurado, que já está na fila desde que o Ian McEwen veio a Porto Alegre, no Fronteiras do Pensamento, vai ter que continuar lá.

Sei que é um crime, já pedindo perdão pelo segundo trocadilho spoiler da minha vida. Mas podem por a culpa no SessenTeen. Esse site (ou blog?) só se interessa por assuntos relacionados a longevidade. Quem mandou Ian McEwen escrever um livro sobre alguém que ainda nem nasceu?

Oops, I did it again.

 

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *