Instagrandma

Sabe a Baddie Winkle? Ela é uma octogenária que bomba soberana com três milhões de seguidores no Instagram. Mesmo pra quem não curte seguir celebridades nas mídias sociais, vale a pena dar uma olhada nos posts simples e engraçados que já conquistaram seguidores como Rihanna e Miley Cyrus. Na verdade são apenas imagens dela, usando os looks mais variados, sempre coloridos e bem humorados.

   

Sabe a revolução das mídias sociais?As mídias sociais deram voz às pessoas comuns. Antes da internet, os chamados emissores eram basicamente os veículos de comunicação.  Era um caminho de mão única. Do emissor para um receptor com pouquíssimas chances de expressar sua opinião. Com as mídias sociais, todo receptor virou um emissor. Sempre que um deles conquista muitos seguidores, passa a funcionar como se fosse um veículo de comunicação e a levar informação para as pessoas. Como as Kardashians da vida, celebridades que se criaram dentro desse ambiente.

Sabe as celebridades da internet?Nesse cenário, Baddie Winkle é um fenômeno intrigante. Kim Kardashian teve um video de pornografia vazado na internet como alavanca principal para a fama. Seguiu o caminho da  amiga Paris Hilton, que teve vários vídeos “roubados”. O escandaloso, assim como o grotesco e o trágico, se espalham com muita facilidade na rede. Já o que bombou a imagem de Winkle foi uma foto dela na porta de casa, sorridente, com uma roupa super colorida e nada ousada.

Sabe a revolução da longevidade?Com 88 anos, a ousadia de Baddie Winkle está mais no sorriso de bem com a vida do que nas roupas coloridas e nos tênis com luzinhas. Nesse vídeo da CNN dá pra ver que a grande maioria dos fãs de Baddie Winkle são jovens. Talvez por não terem referências para escolher o que querem ser quando envelhecerem. Ou por não gostarem das que têm. Num mundo em que as expectativas de vida aumentam dia após dia e que a pirâmide das faixas etárias tende a inverter, talvez seja importante pensar sobre isso.

Sabe a mensagem de Baddie Winkle? Ela irradia a experiência de quem já teve grandes perdas, mas não se entregou para a tristeza e resolveu se reinventar.  Diz que não sabe o que deveria ou o que se espera que ela sinta em função de sua idade: ela simplesmente não se sente velha.

Quer ser uma referência para a sua geração, para que as pessoas façam o que sempre quiseram fazer e sejam o que sempre quiseram ser. E não desistam, não se entreguem para a desesperança, como um dia ela quase se entregou. O mais interessante é que assim ela virou uma pessoa querida, uma referência também para os muito mais jovens.

(Baddie Winkle participou da gravação da música Instagrandma, do grupo Nod one’s Head. Veja um pedacinho da música nesse link que ela colocou no seu perfil do Instagram.)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *